(新聞稿) “澳門特色老店” 評定 新聞發佈會


發佈日期:2018/07/18
  • 分享至:

“澳門特色老店” 評定 新聞發佈會


新聞稿



  由澳門連鎖加盟商會主辦,經濟局支持的「“澳門特色老店評定” 新聞發佈會」於本月 16 日假國際銀行大廈七樓經濟局會議室舉行。


  特色老店在悠久歷史中傳承下來的獨特產品、精湛技藝和服務理念,承載着我們城市的集體回憶,也匯聚着澳門的品牌資源。為推動本澳老店傳承振興和創新發展,澳門連鎖加盟商會自去年 3 月開始着手準備有關特色老店評定的前期工作,並於去年 11 月 6 日與經濟局簽訂“特色老店扶持小組”合作協議,有序地推進相關工作的開展。


  事實上,對“澳門特色老店”進行評定,本身就是一種對老店商號的保護和扶持,一方面能夠提升商號的形象與知名度,另一方面結合老店商號自身的歷史文化底蘊在特區政府的支持和引導下,助力其在傳承傳統產品、技藝和服務的基礎上改革創新,增強可持續發展的能力和競爭力,開創新的發展空間。


  為了訂定評定“澳門特色老店”的標準,扶持小組在徵得廣東省老字號協會的同意下,參考了《廣東老字號評定規範》,並以今年 4 月發佈的《澳門“特色老店”發展調查研究》為基礎,輔以澳門生產力暨科技轉移中心的建議,制定符合澳門情況的評定規則,經“澳門特色老店評定委員會”審議通過,作為評定“澳門特色老店”的依據。


  有關評定工作將由政府、工商、專業服務和學術等界別代表共同組成的“澳門特色老店評定委員會”負責,其成員包括:澳門特區政府經濟局、消費者委員會、生產力暨科技轉移中心、澳門中華總商會、澳門中國企業協會、澳門廠商聯合會、澳門銀行公會、澳門連鎖加盟商會及澳門科技大學的代表組成,委員會並將根據評審工作需要,邀請相關行業的專家提供專業意見。


  此外,扶持小組亦邀請到本澳青年設計師歐俊軒為“澳門特色老店” 設計視覺形象標識,標識摒棄了傳統對「老」字設計的思維,大膽創新,以葡式磚塊特有的線條糅合中式窗欞的氣韻,整個標識設計以五個元素重心「老、窗欞、印章、好(good)、人」薈萃而成,寓意人們透過窗扉認識本澳老店的文化、風貌、特色與發展,見證老店風華永茂。


  在新聞發佈會上,“澳門特色老店評定委員會”戴建業主席表示特色老店是澳門的重要品牌資源,特區政府十分關注本澳特色老店的發展,並把協助特色老店改善經營環境及開拓商機納入《澳門特別行政區五年發展規劃》的工作當中。未來經濟局將全力支持“澳門特色老店”評定工作,透過“特色老店”這個澳門標誌性品牌為老店賦能,令更多居民及旅客認識澳門優秀老店的歷史及價值,讓特色老店得以傳承和創新發展。


  有意參與澳門特色老店評定的商號企業主,須符合以下條件:

☆ 商號在澳門登記設立;

☆ 在澳門擁有註冊商標專用權或使用權;

☆ 商號或商標創立達 40 年或以上,並利用該商號或商標開展商業經營活動累計時間超過 30 年;

☆ 具有獨立的經營場所,並仍在利用該商號、商標開展經營活動;

☆ 傳承獨特的產品、技藝或服務;

☆ 具有澳門地域特色、鮮明的本地文化背景和文化底蘊;

☆ 具有良好信譽,得到廣泛的社會認同和讚譽;

☆ 非為澳門特別行政區庫房債務人。


  符合上述條件的企業主可於 2018 年 7 月 16 日至 2018 年 9 月 28 日期間,親臨澳門殷皇子馬路 47-53 號澳門廣場 10 樓 C 座「澳門特色老店服務中心」報名。報名詳情請瀏覽“澳門特色老店”網頁 (www.mcbrand.mo 或 www.特色老店.澳門),如有查詢,歡迎致電 2892-0601 或發送電郵到 info@mcbrand.mo。


  為了讓商號企業主清楚瞭解是次評定活動的相關內容和申請参選的手續,扶持小組將聯同地區商會深入各社區舉辦講解會以及通過 “送服務上門”,向潛在老店介紹評定工作、獲評定所帶來的好處以及申請手續和文件要求。各場講解會將於以下地點舉行,歡迎有興趣人士致電 2892-0601 報名參加: 


日期地點
7月23日下午4:00國際銀行大廈 7 樓經濟局會議室
8月6日 下午3:00民政總署祐漢活動中心
8月10日下午3:00民政總署營地活動中心
8月15日下午3:00氹仔官也街誠昌飯店



Conferência de Imprensa

Avaliação da “Marca Típica de Macau”

Nota de Imprensa



  A Conferência de Imprensa - “Avaliação da ‘Marca Típica de Macau’”, organizada pela Macau Chain Stores and Franchise Association, com apoio da Direcção dos Serviços de Economia (DSE), teve lugar no dia 16 de Julho, na Sala de Reunião da DSE, no 7.oandar do Edifício Banco Luso Internacional.


  Os produtos singulares, as habilidades requintadas e os conceitos de serviços no contexto das Marcas Típicas, herdados e transmitidos durante a longa história, têm a nossa memória colectiva da cidade, reúnem recursos de marcas de Macau. No intuito de promover a revitalização e o desenvolvimento inovador das Marcas Típicas de Macau, a Macau Chain Stores and Franchise Association deu início, a partir de Março de 2017, aos trabalhos preparatórios relativos à avaliação da “Marca Típica de Macau” e, em 6 de Novembro de 2017, celebrou, com a DSE, o Acordo de Cooperação relativo ao “Grupo de Apoio a Marcas Típicas de Macau”, os respectivos trabalhos já se encontram na fase de desenvolvimento de forma ordenada e progressiva.


  De facto, a avaliação da “Marca Típica de Macau” é uma medida de protecção e apoio a Marcas Típicas, podendo, por um lado, melhorar a imagem e a popularidade da empresa, por outro lado, aumentar a capacidade de desenvolvimento sustentável e a competitividade, bem como criar novos espaços de evolução e progresso, combinando com a reforma e inovação, impulsionada pelo apoio e orientação do Governo da RAEM, com base nos produtos, técnicas e serviços tradicionais transmitidos de essência histórica e cultural possuída por empresa.


  Com vista a estabelecer os critérios de avaliação da “Marca Típica de Macau”, o Grupo de Apoio definiu os critérios a par da realidade de Macau, consultando o “Regulamento de Avaliação das Empresas Antigas e de Renome de Guangdong”, com o consentimento da Guangdong Time-honored Brands Association, com base na “pesquisa e estudo sobre o desenvolvimento das ‘Marcas Típicas de Macau’” publicada em Abril de 2018 e nas sugestões apresentadas pelo Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau. Os critérios de avaliação foram deliberados e aprovados pela Comissão de Avaliação da Marca Típicas de Macau, servindo de fundamento para avaliação da “Marca Típica de Macau”.


  É responsável pelos trabalhos de avaliação a Comissão de Avaliação da Marca Típica de Macau composta por membros provenientes do Governo, dos sectores comerciais e industriais e dos serviços profissionais e do sector académico, tais como: a Direcção dos Serviços de Economia do Governo da RAEM, o Conselho de Consumidores de Macau, o Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau, a Associação Comercial de Macau, a Associaçãodas Empresas Chinesas de Macau, a AssociaçãoIndustrial de Macau, a Associaçãode Bancos de Macau, a Macau Chain Stores and Franchise Association e a Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau. Serão convidados pela Comissão de Avaliação, conforme a necessidade de avaliação, especialistas dos respectivos sectores para darem opiniões profissionais.


  Além disso, o Grupo de Apoio convidou o jovem designer de Macau, Au Chon Hin, para conceber design da identidade visual da “Marca Típica de Macau”. Esta identidade, inovada e arrojada, abandonando o conceito tradicional da concepção da palavra “Antigo”「老」, combinando as linhas particulares de azulejo e o estilo de treliça chinesa, integra numa concepção que reúne 5 principais elementos: “o antigo, a treliça, o carimbo, o bom (good) e a pessoa”, o que significa que as pessoas podem conhecer a cultura, o estilo, as características e a evolução das Marcas Típicas de Macau através de treliça, e testemunhar as mesmas eternamente brilhantes.


  Na conferência de imprensa, o presidente da Comissão de Avaliação da Marca Típica de Macau, Dr. Tai Kin Ip exprimiu que as Marcas Típicas de Macau são recursos importantes de marcas de Macau. O Governo prestou muita atenção ao desenvolvimento das Marcas Típicas de Macau e integrou o apoio a Marcas Típicas de Macau para melhorarem o seu ambiente de operação e desenvolverem novas oportunidades no Plano Quinquenal de Desenvolvimento da RAEM. No futuro, a DSE vai apoiar na sua totalidade aos trabalhos de avaliação da “Marca Típica de Macau”, e dar “energia” a empresas antigas de Macau através do símbolo da “Marca Típica de Macau”, para que mais cidadão e visitantes possam conhecer a história e valor das excelentes Marcas Típicas de Macau, em prol da promoção do transmissão e sucessão das mesmas e do seu desenvolvimento inovador.


  O empresário comercial que pretenda participar na iniciativa de Avaliação da “Marca Típica de Macau” deve satisfazer os seguintes requisitos:

☆ O estabelecimento comercial deve estar registado em Macau;


☆ Ter, em Macau, direito ao uso exclusivo ou direito de utilização de marca registada;

☆ O estabelecimento comercial ou a marca ter sido estabelecido há pelo menos 40 anos, o período acumulado de desenvolvimento das operações comerciais através do respectivo estabelecimento comercial ou da respectiva marca deve exceder 30 anos;

☆ Possuir um estabelecimento independente e estar ainda a desenvolver operações através do respectivo estabelecimento comercial ou da respectiva marca;

☆ Possuir produtos, técnicas ou serviços singulares, herdados e transmitidos; ²Possuir um contexto e uma essência cultural próprio com características típicas de Macau;

☆ Ter uma boa reputação, prestígio e ser reconhecido amplamente pela sociedade;

☆ Não ser devedor dos cofres da RAEM.



  O empresário que reúna os requisitos acima mencionados pode requerer a participação nesta iniciativa, dirigindo-se pessoalmente ao “Centro de Serviços das Marcas Típicas de Macau”, sito na Av. do Infante D. Henrique nos. 47-53, The Macau Square, 10o andar C, Macau, no período compreendido entre o dia 16 de Julho e o dia 28 de Setembro de 2018. Para mais informações detalhadas, é favor consultar as páginas electrónicas: www.mcbrand.mo ou www.特色老店.澳門, ou contactar por telefone 2892-0601 ou por correio electrónico: info@mcbrand.mo


  Com o objectivo de permitir que os empresários possam conhecer e entender melhor a presente iniciativa e as formalidades, o Grupo de Apoio vai apresentar às empresas antigas potenciais os trabalhos relativos à avaliação, às vantagens trazidas pela tal avaliação, às formalidades e aos requisitos através da realização de sessões de esclarecimento nos diferentes bairros, organizadas com as associações comerciais de diferentes zonas, ou através da “Prestação de Serviços in-loco”. As sessões de esclarecimento decorrerão nos seguintes locais, todos os interessados serão bem-vindos a participar, podendo contactar através do telefone 2892-0601:


DataLocal
23 de Julho, 16:00Sala de Reunião da DSE, no 7.o andar do Edifício Banco Luso Internacional.
6 de Agosto, 15:00Auditoria do Centro de Actividades de Iao Hon do IACM
10 de Agosto, 15:00Auditoria do Centro de Actividades de S. Domingo do IACM
15 de Agosto, 15:00Estabelecimento de Comidas “Seng Cheong”, sita na Rua do Cunha, Taipa




 
瀏覽次數:631

回最頂